, , ,

Elimine os piolhos com esses remédios naturais

Embora não represente grandes riscos a saúde é preciso estar atento a infestação e trata-la rapidamente

Foto: Guia Saúde Rondônia/ Livre-se dos piolhos e lêndeas com estes remédios naturais.

A preocupação das mães com os filhos, com idade escolar, vai bem além de apenas saber como a criança esta na escola, outro problema comum que acaba mexendo com as mães é o aparecimento dos piolhos.

Vale lembrar que essa infestação é contagiosa, e pode ser passada de um colega para o outro. Neste artigo, nós trazemos para as mamães de plantão, algumas receitas, para evitar que o filho sofra com essas infestação. Confira:

Óleo de Eucalipto

Foto: Beleza e Saúde/ O óleo de eucalipto grande auxiliar no combate aos piolhos.

O Eucalipto tem diversos usos, seja como chá para resfriados, ou como um remédio para alergia ou alguma outra doença respiratória. Ele também pode ser usado para reduzir os danos causados pelos piolhos na pele, isto, se deve ao fato do mesmo agir como antisséptico e adstringente de feridas.

Azeite de Oliva

Foto: Dicas de Mulher/ Por ser capaz de impedir que o oxigênio chegue aos piolhos, o azeite de oliva é outro aliado na luta contra a infestação.

O azeite de oliva em muitas ocasiões é usado no tempero, principalmente de saladas, no entanto, aqui ele tem outro uso. Neste caso por ser capaz de impedir que o oxigênio chegue aos piolhos, o mesmo pode ser usado no combate a eles e assim irão morrer por asfixia.

Vinagre Branco

Foto: Ecycle/ O Vinagre Branco impede que as lêndeas se prendam ao cabelo, ao eliminar a sua proteção por possuir ácido acético em sua composição.

Por ser fermentado através de bactérias, o vinagre branco possui diversos componentes do ácido acético, o qual por sua vez vai agir dissolvendo a proteção das lêndeas, as quais são utilizadas para se prender ao cabelo e couro cabeludo.

Óleo da árvore de chá

Foto: Cura Natural/ O óleo da árvore de chá é outro importante aliado contra as aftas e também no combate aos piolhos.

Em um outro artigo, no qual falamos sobre o tratamento de aftas, citamos o uso deste óleo, tanto que além de aftas, ele pode ser usado no combate aos piolhos e lêndeas.

Isto se deve ao fato do mesmo ter em sua composição propriedades antibacterianas, antifúngicas, antivirais e claro antissépticas, as quais são fundamentais no combate a infestação.

Salsa

Foto: Tua Saúde/ Por ser uma planta medicinal, a Salsa também pode ser usada no combate aos piolhos.

Outra planta que geralmente é utilizada para temperos, também pode ser usada aqui, por possuir propriedades medicinais. Neste caso, ao ter a substância betacaroteno, que por sua vez vai auxiliar na cura e permitir que as feridas sejam fechadas mais rapidamente.

Como descrito acima, a mesma pode ser usada no combate a infestação de piolhos, neste caso, o remédio feito a base de sala irá diminuir a irritação das picadas e manter o equilíbrio do pH do couro cabeludo.

Óleo de lavanda

Foto: Beleza e Saúde/ O óleo de Lavanda além de eliminar os piolhos, é capaz de criar uma capa de proteção, impedindo novas invasões.

Com diversos usos por ser considerada uma erva medicinal, a lavanda, pode ser usada também no tratamento contra os piolhos. Isto, se deve muito em função de ter uma propriedade

odorífera, a qual irá atuar como um repelente natural. Além disto, ao ser aplicada ao couro cabeludo, o óleo irá formar um tipo de escudo, impedindo assim novas invasões.

Lavar o cabelo com chá de Arruda

Foto: Mundo Boa Forma/ O chá de arruda, é outro excelente remédio natural no combate aos piolhos.

Neste artigo não estamos apenas falando do que pode ser usado contra os piolhos, todos os remédios citados, também podem ser utilizados contras as lêndeas. E outra opção que temos é lavar o cabelo com o chá de arruda. Para fazer o uso dele, passe o chá no cabelo molhado e use o pente fino, eliminado os piolhos e os seus ovos.

Em uma panela de água fervente, acrescente as folhas de arruda e deixe ferver por pelo menos 10 minutos, tampe e aguarde esfriar, coe, em seguida passe o chá no cabelo, usando uma gaze ou algodão ou simplesmente jogue a mistura no couro cabeludo, afim de que o cabelo fique todo molhado.

Enrole uma toalha na cabeça e aguarde o remédio trabalhar durante 30 minutos. Em seguida lave o cabelo com shampoo, use o condicionador e não enxague, use um pente fino para pentear o cabelo em cada mecha e assim remover os piolhos e as lêndeas.

Spray de Citronela

Foto: Óleos Essenciais/ O spray da Citronela nesse caso vai agir como um repelente, evitando novas infestações.

Por ter um aroma forte do qual os insetos não gosto e acabam sendo afastados por este cheiro, o Spray de Citronela, é outro aliado no combate aos piolhos.

Em um recipiente fechado coloque glicerina, tintura de citronela, álcool e água, misture os ingredientes, até ter uma mistura homogênea. Após, pronto o Spray utilize o mesmo todos os dias, na raiz e no cabelo, deixando o mesmo agir durante alguns minutos.

Aplicar óleos no couro cabeludo

Foto: Cura Natural/ Os óleos são outros grandes aliados no combate aos piolhos, tanto o óleo das folhas de chá, como de lavanda e também de hortelã-pimenta.

Acima nós falamos do óleo de lavanda, além dele existem outros óleos que também podem ser usados no combate aos piolhos, neste caso o óleo feito a partir do hortelã-pimenta, o de eucalipto conforme já foi citado no primeiro tópico.

Basta usar um deles no couro cabeludo e deixar o mesmo trabalhar durante a noite e ai é só lavar o cabelo com shampoo para cabelos oleosos na manhã seguinte.

Álcool canforado

Foto: BioSom/ Esse álcool pode ser comprado na farmácia, ou simplesmente compre a cânfora e coloque pedaços no álcool e faça o uso do mesmo sobre o cabelo.

Caso queira uma opção diferente para tratar o problema, pode apenas borrifar álcool canforado sobre o cabelo, de maneira que o mesmo irá impedir a infestação de piolhos.

Outra dica importante para quem quer evitar a infestação, é lavar não só as roupas do indivíduo, mas, roupas de cama e toalha que o mesmo usa, no entanto, essas roupas só podem ser lavadas após serem fervidas em água durante alguns minutos.

Fonte: Tua Saúde; Melhor com Saúde