,

Como fazer a dieta do ovo?

A dieta do ovo pode funcionar, mas será que é a melhor opção?

Na busca por um corpo perfeito para o verão ou qualquer outra ocasião, pessoas inventam as mais diversas dietas. Uma delas é a Dieta do Ovo, que é basicamente uma versão da dieta low carb já apresentada em outra matéria aqui. Nessa versão, o alimento presente em todas suas refeições será o ovo, mas isso não quer dizer que outros alimentos não sejam permitidos.

É bom lembrar que essa é uma dieta bastante restritiva e por isso acabar sendo bastante difícil de ser realizada. As calorias são reduzidas drasticamente e consequentemente a pessoa que a pratica acaba perdendo alguns quilinhos. Nessa matéria vamos mostrar como ela funciona, algumas ideias de refeições e também seu lado ruim.

Começando a Dieta do Ovo

Antes de começar, é sempre bom escolher o melhor alimento e ovos de produtores locais são quase sempre as melhores opções. Quando estão frescos e são caipiras, eles tendem a ter a casca marrom (ou de outras cores) e a gema laranja. Ovos assim são extremamente saudáveis, estão cheios de betacarotenos e vitaminas essenciais.

Agora que já escolheu o ovo, vamos aos alimentos que você pode ingerir nessa dieta além do ovo. É bom lembrar que as quantidades sempre devem ser reduzidas para que essa dieta tenha o efeito desejado:

  • Ovos
  • Carnes magras (peixe, frango e peru)
  • Frutas com baixo carboidrato (morangos, laranjas, limão, etc)
  • Vegetais com cores bem fortes
  • Abobrinha
  • Cogumelos
  • Folhas
  • Nozes
  • Amêndoas
  • Sementes de Chia

Essa alimentação reduz as calorias vindas dos carboidratos sem reduzir a quantidade de proteínas que os músculos precisam. A proteína é bastante presente em ovos e carnes.

Refeições

Os ovos podem ser consumidos de 2 formas: cozidos com a casca ou cozidos em uma frigideira antiaderente que não necessite de óleo. Agora que você já sabe como prepara seus ovos, vamos a alguns exemplos de refeições que você pode fazer todos os dias. Sempre brinque com as combinações para não enjoar facilmente da dieta:

  • Café da manhã: 2 a 4 ovos (dependendo da sua fome), junto com um pedaço médio de fruta e suco de laranja ou limão (sem açúcar)
  • Almoço: 2 a 4 ovos (dependendo da sua fome), uma porção pequena ou média de proteína magra, como por exemplo frango ou peixe. Folhas em geral podem entrar aqui, mas cuidado com os molhos, pois eles podem ter bastante calorias indesejadas.
  • Jantar: 2 a 4 ovos (dependendo da sua fome), porções de vegetais que não tem muito carboidrato e uma fruta média de sobremesa.

Você também pode fazer pequenos lanches entre as refeições, sempre levando em conta a regra do baixo carboidrato e preferindo algum dos elementos apresentado acima na lista dos alimentos permitidos.

Outro ponto importante são as bebidas permitidas nessa dieta. Bebidas zero, sucos zero, chá e café sem açúcar podem ser consumidos. Evite qualquer tipo de bebidas muito calóricas durante todo dia e beba MUITA água.

Malefícios da Dieta do Ovo

Uma coisa importante de se dizer sobre essa dieta é que ela não deve ser utilizada a longo prazo. As calorias presentes nela são baixíssimas, além de ser pobre em diversos tipos de nutrientes, o que pode ocasionar alguns problemas de saúde, mesmo que você emagreça.

Outra coisa importante é que a redução na ingestão de carboidratos, faz com que sua energia fique baixa. Isso pode influenciar em diversas atividades do seu dia-a-dia, principalmente quando você vai fazer exercícios físicos.

Quem faz essa dieta precisa inserir outros alimentos que possuem fibras durante o dia-a-dia. Como ovos não tem fibras, seu intestino pode sofrer pela falta delas.

Um estudo também mostrou que esse tipo de dieta pode aumentar o risco de problemas cardiovasculares, mas o mesmo não enfatizou os tipos de proteínas que podem causar isso e muito menos os tipos de carboidratos que ajudam a reduzir os riscos.

Conclusão

Por fim, a Dieta do Ovo é uma opção bastante complicada, principalmente para uma mudança tão brusca de hábitos. É sempre bom conversar com um médico ou nutricionista antes de se arriscar nessa deita low carb.

Ter uma dieta equilibrada, com variedades e todos tipos de alimentos, até mesmo as besteiras que você ama, podem ser a melhor opção para chegar no seu peso ideal e ter uma vida tranquila.

E aí, o que achou da Dieta do Ovo? Comenta aí e compartilha com todo mundo que saber mais sobre ela.

Imagens: Tua Saúde

Fonte: Healthline, Livin3