,

7 cuidados para evitar unha encravada no pé

Unhas encravada pode ser evitada mudando simples hábitos.

Existem pequenas coisas que nos causam um mal sem tamanho, não é mesmo? Basicamente todas as pessoas já sofreram com alguma ‘espinha’ interna, um cravo maior do que deveria e, um dos mais terríveis casos, é a unha encravada. Geralmente isso acontece nas unhas dos pés e nos impossibilitam até mesmo de usar tênis ou qualquer sapato fechado. Algumas pessoas enfrentam esse problema pelo menos uma vez por mês, sem saberem que existem métodos para evitar esse mal. Desde o corte de unha até o tipo de calçado que usamos, tudo pode influenciar na encravação das unhas dos pés.

Pensando sobre isso, resolvemos trazer uma lista de métodos que podemos adotar para ficarmos livres desse mal. Se seguindo essas dicas ainda continuar tendo esse tipo de problema, é recomendado procurar por um podólogo para que ele possa avaliar seu caso e tratar da forma adequada. Confira conosco a lista a seguir:

Não corte as unhas muito curtas

Foto: tuasaude.com / O corte das unhas interfere muito nisso, pois pode fazer com que elas cresçam por debaixo da pele dos dedos.

O correto é deixar as unhas com um comprimento necessário para taparem as pontas dos dedos. Isso evitará que a pressão dos nossos calçados, sobre o pé, empurre as unhas para baixo, fazendo com que elas cresçam por debaixo da pele e encrave.

Não use sapatos apertados

Foto: tuasaude.com / O uso de sapatos apertados deve ser evitado principalmente pelas pessoas que têm diabetes, pois podem ser menos sensíveis na região dos pés.

Ao utilizar sapatos em muito apertados, a pressão sobre os dedos é maior e, por esse motivo, há um risco maior de a unha crescer debaixo da pele. Essa é uma das dicas mais importantes, principalmente para as pessoas que sofrem com diabetes, pois podem não sentir a unha crescendo nessa região de forma errônea.

Verifique os pés diariamente

Foto: tuasaude.com / Esse método é importante para evitar unhas encravadas e demais males que podem ocorrer nessa região do nosso corpo.

Sempre durante ou após o banho, dê uma boa olhada nos dedos dos pés e procure por unhas que possam encravar. Os podólogos recomendam isso porque elas podem ser melhores tratadas no início e, dessa forma, podemos evitar feridas e dores fortes.

Ande descalço sempre que puder

Foto: tuasaude.com / Andar descalço pode deixar nossos pés expostos a cortes ou furos, mas é essencial para evitar unhas encravadas.

Andar descalço pode deixar nossos pés expostos a cortes ou furos, mas é essencial para evitar unhas encravadas.

Andar descalço é bom, não dá para negar e ainda alivia a pressão dos nossos pés. Andando assim ou com calçados abertos, permitimos que as unhas cresçam livremente e não vão para debaixo da pele.

Corte as unhas em formato quadrado

Foto: tuasaude.com / Cortar as unhas nesse formato faz com que a pele não cresça por cima das laterais.

Segundo a dermatologista Meire Costa Parada, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, esse é o melhor formato para cortar as unhas. Isso porque cortando redondo, pode deixar muito curto nas laterais, permitindo que a pele possa ocupar essa região e encravar a unha. É recomendado remover o excesso de pele das laterais na hora de cortar as unhas.

Lixe as unhas após o corte

Foto: tuasaude.com / O pós-corte também é muito importante para a saúde dos nossos pés. Lixar as unhas é essencial para prevenir.

Não basta apenas cortar as unhas no formato certo, é preciso lixá-las. Fazer isso ajuda a remover as espículas de unha que ficam nas laterais e que podem causar uma infecção. Isso acontece porque o nosso corpo entende que esses pedaços que sobram são corpos estranhos.

Evite tirar cutículas

Foto: tuasaude.com / Esse processo é feito sempre que, principalmente as mulheres, pintem as unhas.

Que a cutícula incomoda muita gente, não é novidade. Essa pele fina, no entanto, é uma proteção da unha contra fungos e bactérias. Dermatologistas recomendam não tirar essa barreira, pois pode deixar nossos pés propensos às infecções.

E aí, o que você achou dessa lista? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Fontes: Minha Vida, Cleveland Clinic

Imagens: Tua Saúde, Biosom