,

Como fazer para prevenir pedras nos rins

Algumas dicas simples podem evitar pedras nos rins, que causam dores terríveis.

Muitas pessoas sofrem com as temidas pedras nos rins e você já deve ter ouvido falar nesse mal, não é mesmo? O tamanho dessas pedras varia de caso para caso, podendo ser do tamanho de um grão de areia ou podendo ter as medidas de uma bola de golfe. Essas pedras se formam quando os minerais da nossa urina se cristalizam, por isso ganha o nome de pedra. Esses minerais podem ser ácido úrico ou cálcio, dificultando a diluição da urina. O modo com que o nosso corpo absorve e elimina o cálcio e demais substâncias é o fator denominante nas condições da formação dessas pedras.

O problema é que muitas pessoas esperam sofrer com isso para poder voltar seus olhos e cuidar da forma correta. Existem, por sorte, diversos métodos de prevenir a formação dessas pedras e que podemos fazer em casa. Pensando um pouco sobre isso, resolvemos trazer alguns método que te ajudarão a evitar a formação desse mal no corpo. Confira conosco 7 formas de prevenir pedras nos rins.

Beba muita água

Foto: tuasaude.com / Para saber se você está bebendo água o suficiente, basta olhar a cor da urina. Quanto mais clara, mais saudável estará os rins.

O principal fator de risco para a formação de pedras nos rins é não beber água o suficiente. Se a sua urina estiver amarela escura, você não está se hidratando o suficiente. Basta prestar atenção nisso. A quantidade varia de pessoa e de situação. Se o recomendado for 2 litros se água por dia, essa quantidade deve ser aumentada em ambientes quentes e secos. O mesmo deve ser feito se você aumentar seus exercícios físicos. Não é recomendado beber em excesso também, pois uma quantidade muito alta faz com que o organismo não absorva tudo.

Evite alimentos ricos em oxalatos

Foto: tuasaude.com / Oxalatos são sais ou esteres do ácido, o que aumenta o risco de formação de pedras nos rins.

Alimentos ricos em oxalatos, como beterraba, espinafre, queijo cheddar, nozes, chocolate, soja e seus derivados podem trazer muito risco aos rins. Esse método é ainda mais recomendado para as pessoas com propensão a sofrer com as pedras formadas nessa região.

Evite açúcar, refrigerantes e frutose

Foto: tuasaude.com / Uma simples lata de Coca-Cola possui grande quantidade de açúcar, podendo superar as vezes o que deveríamos ingerir em um dia inteiro.

Alimentos e bebidas ricos em açúcar são capazes de iniciar o processo de formação de pedras nos rins. Isso acontece porque o açúcar interfere diretamente nas relações minerais do nosso corpo, incluindo a absorção de magnésio e cálcio. Esse risco é ainda maior em crianças e por isso recomenda-se negar ao máximo, pois seu organismo é ainda mais frágil.

Evite consumir soja não fermentada

Foto: tuasaude.com / O consumo de grãos de soja não fermentados podem promover as pedras nos rins de quem têm suscetibilidade, pois contem altos níveis de oxalato.

Se você quer começar a ingerir soja e seus derivados, deve-se optar pela soja fermentada, pois o processo de fermentação reduz o fitato, bloqueador de ingestão de minerais essenciais do nosso corpo. Além disso, os níveis de anti-nutrientes dos grãos são reduzidos, assim deixando suas propriedades benéficas disponíveis para seu sistema digestivo.

Faça exercícios

Foto: tuasaude.com / Exercícios físicos são recomendados para a saúde geral do nosso corpo, não apenas na prevenção de cálculos renais.

A prática de qualquer exercício pode auxiliar até mesmo no bom funcionamento do coração.

O sedentarismo por longos períodos pode levar à formação de pedras nos rins, pois a atividade limitada faz com que os nossos ossos liberem mais cálcio. A prática de exercícios ainda auxilia na solução de problemas de alta pressão arterial, o que duplica o risco de pedras nos rins.

Evite o consumo de sal em excesso

Foto: tuasaude.com /  Assim como o açúcar, o sal pode trazer diversos malefícios para o nosso corpo e um deles é a formação de pedras nos rins

Deve-se evitar o consumo em excesso de sal, mesmo sendo um elemento essencial na nossa alimentação. No entanto, o alto consumo dele afeta a nossa circulação sanguínea, causando então riscos de desenvolvimento de pedra nos rins.

Evite medicamentos em excesso

Foto: tuasaude.com / O alto consumo de medicamentos, independente de qual seja, não é recomendado, pois interfere no funcionamento natural do nosso corpo.

Diversos medicamentos que compramos em farmácias aumentam o risco de desenvolvimento de pedras nos rins. Isso acontece porque eles contêm laxantes. Essas substâncias fazem com o que o nosso corpo seja incapaz de absorver todos os nutrientes que precisamos, causando desequilíbrio eletrolítico.

E aí, o que você achou dessa lista? Compartilhe com todos os seus amigos e ajude-os a prevenir pedras nos rins.

Fontes: Mundo Boa Forma, Healthline, Vila Mulher

Imagens: Tua Saúde, O Imparcial